Ser

Ser

Me deparei com este poema de Pablo Neruda, tão pertinente para amenizar as cobranças sociais que sofremos, achei, além da poética abordagem, uma contribuição carinhosa para levar pela vida. Podemos ser o que for possível, mas podemos ser o melhor de nós mesmos.

Musgo e água

Sê

Se não puderes ser um pinheiro
no topo de uma colina
sê um arbusto no vale,
mas sê o melhor arbusto à margem do regato.
Sê um ramo, se não puderes ser uma árvore.
Se não puderes ser um ramo,
sê um pouco de relva,
e dá alegria a algum caminho.
Se não puderes ser uma estrada,
sê apenas uma senda.
Se não puderes ser o Sol,
sê uma estrela.
Não é pelo tamanho que terás êxito ou fracasso...
Mas sê o melhor no que quer que sejas.
(Pablo Neruda)
A Psicologia Positiva

A Psicologia Positiva

O início do movimento da Psicologia Positiva aconteceu em meados dos anos 90, até então o foco da psicologia era o adoecimento mental. A nova proposta dos fundadores do movimento, Milton Seligman e Christopher Peterson, era fortalecer as características positivas do indivíduo, o desenvolvimento das suas forças, virtudes e potencialidades humanas, tudo o que pode manter sua saúde mental, para o seu bem-estar e aumento da felicidade.

A Psicologia Positiva leva em consideração as emoções positivas e tem por finalidade fortalecê-las, como Autoestima, Felicidade, Otimismo, Esperança, Gratidão, Perdão e o estabelecimento e manutenção de relacionamentos saudáveis.

Trabalha com 3 pilares fundamentais: as emoções positivas individuais, como felicidade, otimismo, esperança, alegria; o desenvolvimento de nossas forças de caráter, virtudes e qualidades e com as instituições positivas em nossas vidas: familia, trabalho, escola, comunidade.

O foco é o desenvolvimento humano que proporcione uma vida com significado e bem-estar.